Tenente-brigadeiro Carlos Vuyk de Aquino é o novo ministro do STM

O coordenador da Justiça Militar da AMB e presidente da Associação dos Magistrados da Justiça Militar da União (Amajum), Edmundo Franca, representou o presidente da AMB Jayme de Oliveira, na solenidade de posse do tenente-brigadeiro do ar Carlos Vuyk de Aquino como novo ministro do Superior Tribunal Militar (STM), nesta-terça-feira (27), na sede da Corte, em Brasília.

Carlos Aquino ocupará a vaga deixada pelo ministro Cleonílson Nicácio Silva, também da Aeronáutica, que se aposentou em agosto.

As boas-vindas ao novo integrante da Corte, o ministro Francisco Joseli Parente Camelo, da Aeronáutica, destacou momentos de sua trajetória profissional, descrevendo-o como um “oficial íntegro, pronto para o combate e pronto para o cumprimento do dever”. Segundo Joseli Camelo, o seu ingresso na Justiça Militar é a oportunidade de executar uma “nova missão tão grandiosa como aquela exercida ao longo de seus quarenta e cinco anos no seio da Força Aérea Brasileira”, ressaltou ao falar em nome da presidência do STM.

Em seu discurso, Aquino agradeceu o presidente José Coelho Ferreira, demais ministros e os presentes, e afirmou que sua experiência na aeronáutica foi fundamental para seu êxito na carreira militar. “É algo que me plenifica, como pessoa e como profissional, sobremodo por tal conquista encimar uma trajetória pontuada de dedicação e de esforço consciente, na qual busquei a capacidade de alçar voo, de subir, de crescer com a visão de topo que amplifica horizontes e que instiga demandar o mais além”, disse.

“Para a AMB, é motivo de orgulho acompanhar a história da Justiça Militar da União, a mais antiga do País. O ministro Aquino veio renovar os quadros da Corte trazendo a sua rica experiência da Força Aérea Brasileira”, afirmou Edmundo Franca.

A posse também foi prestigiada pelo coordenador de Aposentados da Amajum, Carlos Augusto de Moraes Rego; o ministro da Justiça, Torquato Jardim, representando o presidente da República; o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar, Nivaldo Luiz Rossato, além de outras autoridades.

Currículo
Carlos Vuyk de Aquino era o atual comandante de Operações Espaciais da Força Aérea Brasileira. Ingressou na instituição, em 1973, e já exerceu diversas atividades, tais como diretor-geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo e presidente da Comissão para Coordenação do Projeto do Sistema de Vigilância da Amazônia, dentre outras.

*Com informações da Ascom/STM

Fonte: AMB